sábado, maio 18, 2013

estamos atrasados

                              arte: rafael godoy
  
estamos atrasados, meu amor
o rio já correu
o sol já se foi
e o dia ainda não foi embora

perdemos a noite escura
mais negra que os olhos do diabo
perdemos a hora de dançar com as árvores
com seus galhos como as mãos da morte

o vento está morno e fraco
as flores não têm cheiro
perdemos o trem
que atravessa a cidade
não vamos a lugar nenhum
o tempo já passou

ficamos aqui de mãos dadas
como duas crianças perdidas
as ruas são longas
e estreitas as esquinas

estamos atrasados, meu amor
o mundo esmaga os nossos sonhos
lentamente, irreversivelmente








8 comentários:

Leonardo B. disse...


[perdidos do mundo

mas salvos pelo calor da palma da mão,
rascunho maior para quelquer que seja

o dia novo.]

um imenso abraço, Adriana

Lb

Assis Freitas disse...

eu dialogaria com este poema:

Soneto da perdida esperança

Perdi o bonde e a esperança.
Volto pálido para casa.
A rua é inútil e nenhum auto
passaria sobre meu corpo.

Vou subir a ladeira lenta
em que os caminhos se fundem.
Todos eles conduzem ao
princípio do drama e da flora.

Não sei se estou sofrendo
ou se é alguém que se diverte
por que não? na noite escassa

com um insolúvel flautim.
Entretanto há muito tempo
nós gritamos: sim! ao eterno.

Carlos Drummond de Andrade



beijo

Adriana Godoy disse...

LeonardoB., bisous!

Adriana Godoy disse...

Assis, aí pegou pesado! Quem sou eu? Mas, confesso, adorei esse diálogo com CDA! Beijo

BAR DO BARDO disse...

"tempus fugit"

boa exploração dos recursos psi


mais um texto de qualidade inquestionável - ler é necessário - pensar é essencial - sentir é tudo

Adriana Godoy disse...

Bardo, gosto quando vem passear por aqui e dá o seu pitaco! Um honra sempre! Beijo

Mauro Lúcio de Paula disse...

Adriana,
você começa seu poema com duas imagens maravilhosas: "o rio já correu e o dia já se foi" não estamos mais atrasados, não; estamos perdidos mesmo! a sua poética é tão bela quanto ferina que faz pensar sim, mas encanta muito mais!
Como é bom visitar o seu blogue. Parabéns!
Um abraço.

Adriana Godoy disse...

Mauro, obrigada pela visita e palavras. Abraço