quarta-feira, fevereiro 19, 2014

há um clima de conspiração nos rodeando. há uma torcida pra que tudo dê errado no país. há a pressão dos eua pra não deixar o país respirar sem seus grilhões. há a intenção clara e forte de desmoralizar a venezuela, cuba e todos que ousam enfrentar o tio sam. há uma corrente do mal à direita e dos desavisados que têm orgasmos múltiplos cada vez que uma notícia alarmante chega na grande mídia. há os que clamam por um governo militar, que têm saudade dos generais. há os que vomitam sua (in)verdades na nossa cara todos os dias, todos os minutos e têm como seus arautos mainards, reinaldos azevedos, datenas, boners e jabores. há os que clamam por prender os corruptos quando eles se corrompem todos os dias, nas coisas mais triviais. há os que defendem o uso da tortura e de violência contra os ladrões nossos de cada dia, mesmo que seja por milícias ou grupos de justiceiros de classe média alta. há os que defendem a pena de morte. há os que pregam em nome de jesus e se lambuzam nos preconceitos, subornos, humilhações, promiscuidades e roubam dos ignorantes o pouco que têm.
mas há ainda os que acreditam que dias melhores virão, que é possível um país, que é possível acreditar. e eu quero estar no meio deles.

Um comentário:

Assis Freitas disse...

sigamos acreditando
sigamos



beijo