quinta-feira, agosto 08, 2013

amanheceram estrelas




arte: ricardo ferrari

essa noite não aconteceu
nem a seguinte

amanheceram estrelas
a cama azul
seu cheiro perdido nas fronhas
sua insensatez na pasta de dente sem tampa

ainda vejo sua sombra na porta
e os demônios que sempre te perseguiram

mas o dia está claro
e acho que posso pensar em outras coisas
que não sejam seus olhos me implorando
pra ficar

e juro queria que ficasse
mas o seu inferno não me cabe mais


(poema publicado mas muito alterado) 

3 comentários:

Assis Freitas disse...

o que coube não cabia
o de antes será jamais



beijo

Gustavo Alvarez disse...

o que agora jazz
outrora não jazia

quem foi
não volta mais

troquemos as claves da partitura
as chaves
da
fechadura

um beijo
para Adriana Godoy

Thor Shaitan disse...

Senti um pouco de niilismo e teus poemas. Por isso convido a conhecer alguns de meus escritos: www.poesiasquanticaseoutras.net