sábado, junho 15, 2013

e quando vier o dia

e quando vier o dia
os homens estarão feridos
as crianças tristes e perdidas
e estupefatas as mulheres

quando vier o dia
ficarão pássaros com asas queimadas
e o grito insano da cidade

estaremos sedados
a noite e o país em pedaços
melhor fechar as janelas
e não ouvir

mas é mais forte o grito das gentes
mais forte que todo o gás que faz chorar
e  que todas as balas de borracha que ferem

queremos não ver queremos não ouvir
mas a alma não sossega
e chora por esse país  por essa gente
e torce por esse país  e por essa gente

e alguns dirão que não há guerra
melhor fechar as janelas


                                                      (texto republicado e muitíssimo alterado)

Um comentário:

Assis Freitas disse...

mesmo fechadas, as janelas reverberam os ruídos



beijo