sexta-feira, setembro 23, 2011

nem a primavera

desenho/ rafael godoy

as palavras não saem mais
nem da minha pele
das feridas abertas
dos meus dedos
dos meus olhos cansados
ou do amor que perdi

muito menos da primavera que chegou com força
pura poesia

ficaram presas talvez para sempre
no abismo inatingível de mim

17 comentários:

Lai Paiva disse...

Intenso, vivo, belo. Parabéns Adri. Beijão

Mauro Lúcio de Paula disse...

A sua poesia é sempre tensa, viva e palpitante; mesmo quando começa a primavera prometendo flores, cores e cheiros. Parabéns Adriana.

Suzana Martins disse...

Tenho palavras que se acumulam dentro de mim, e essas hibernam com medo de rasgar os meus dedos...

Beijos

Luciano Fraga disse...

Adriana querida, saem sim em forma de flores,cheiro, cores, dores, mas não aquelas "flores de plástico", beijo.

MIRZE disse...

MARAVILHOSO, DRI!

Você é a flor mais linda da primavera e é através de seus versos que podemos sentir o súbito-inusitado que só você consegue.

Beijos

Mirze

Adriana Godoy disse...

Oi, gente. Não está dando pra ler os blogs. Minha cabeça e vida estão a mil. Uma hora eu pouso de volta e volto pro prazer de ler os blogs de vcs.

Valeu cada palavra em seus comentários e o carinho de sempre.

Beijos

Adriana Karnal disse...

Adri, intenso...

On The Rocks. disse...

pois é, nem a primavera...

eu achei estranho o Rafa comentar lá no On The Rocks, mas moderei assim mesmo achando que fosse ele mesmo.

tá corrigido.

Bj

byTONHO disse...



Flor e Ser num juntos no verso!

:o)

Sylvio de Alencar. disse...

Nem tudo na vida são 'felicidades'...
Leitor do Bardo, vim beber de sua fonte.

Abraços.

danilo disse...

pura poesia para
lavar a alma
abraços
danilo.

O Impenetrável disse...

inspirador o seu espaço aqui.

Renata de Aragão Lopes disse...

Engolidas...

Saudades daqui, Dri!
Sem tempo
até para ler
a produçao dos amigos!

Beijo,
Doce de Lira

Marcos Satoru Kawanami disse...

Adriana,

O teu poema também é romântico. E esse desenho do Rafael mostra que ele pode desenhar qualquer imagem que lhe venha na cuca.

guru martins disse...

...deixa rolar
que elas vêm...

bj

Sylvio de Alencar. disse...

Marcos tem razão, este desenho é uma paulada (além de belo).

Abraços.

Shana Corrêa disse...

Encontro-me também repleta de palavras que não saem, que insistem em permanecer, em ficar e aos poucos torturar-me...