quinta-feira, dezembro 16, 2010

constatação 2

arte: rafael godoy

queria não ter esses olhos e nem essa pele
e essa alma perdida que se comove com o mundo

13 comentários:

Leonardo B. disse...

[ocorre-me uma canção de Anne Clark, que ainda ontem escutava, pela enésima vez:

“So easy to fall down
So easy to be crushed
As you fight to stand at all
In this never ending rush”

... a parte que nos cabe]

um imenso abraço, Adriana

Leonardo B.

Lara Amaral disse...

Sina nossa, esta, a melancolia de poeta.

Beijo, querida, estava com saudades de te ler.

L. disse...

Esses olhos e pele e alma perdida, que se comove com o mundo, mas também comove o mundo.

Gostei das palavras.

José Carlos Brandão disse...

Às vezes desanimamos, quase desesperamos, mas queremos comover-nos - às lágrimas! - com o mundo - mesmo que seja este mundo-cão.
Vai, alma sensível, alma de poeta, tornar mais belo o mundo.
Um beijo, Adriana.

Henrique Pimenta disse...

a gente chora
sujeitos líricos
sem lira
sem sujeito

L. Rafael Nolli disse...

não há como escolher. o sujeito aceita. vira poeta ou louco.

como de praxe: linda imagem
bjs

pianistaboxeador21 disse...

Não é novidade dizer que vc acertou, vc acerta sempre.
Certeiro como um pico na veia.
Abraço

Adriana Godoy disse...

Grata a todos pelos comentários tão especiais. Beijo

Mirze Souza disse...

LINDOOOOOOO!


Quem não quer?

Beijos

Mirze

Assis Freitas disse...

despregar-se ou desapegar-se,

beijo

Sônia Brandão disse...

A alma sensível de poeta abrigando as dores do mundo.

Gostei muito da tua visita e também deste teu espaço.
bjs

Mauro Lúcio de Paula disse...

os poetas são seres capazes de dizer o que sentem e o que não sentem, os outros, apenas fingem o que não sentem; perdoe-me Pessoa, nós poetas não somos fingidores.

doni seo disse...

obat kuat

pemutih badan

obat asam urat

obat pelangsing

obat hernia

obat diabetes

obat herbal

game pc

obat kuat semarang