quinta-feira, setembro 09, 2010

vida de cachorro no poema dia

É só ir lá e conferir. Para isso é só clicar aqui. Beijos

6 comentários:

Adolfo Payés disse...

Bello como siempre.


Un abrazo
Saludos fraternos...

Que tengas un buen fin de semana..

Renata de Aragão Lopes disse...

Lá deixei:

Surpreendente, Dri!

Do gato ao cão.
Tens andado
com as patas
no chão...

Um beijo,
Doce de Lira

Adriana Karnal disse...

postei lá,Adriana...e obrigada pela força.

Felipe Marques disse...

Você pode ser meu cão-guia,

e até encarnar minha mãe...

Mulher que ecoa prosa e poesia.



Beijos e té.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Belíssimo!

Sugiro a leitura do post de Aluísio Martins também abordando a vida de cão...

http://hadoisblogsnaotevejo.blogspot.com/2010/09/inumano-lugar-mais-plausivel.html

Bjs

BAR DO BARDO disse...

Li lá!