segunda-feira, abril 14, 2014

apelo



arte: rafael godoy

traz para mim os dias que não vivi
todas as noites perdidas
e o sorriso que não tenho mais

vai lá e busca o que me cure
sem que doa ou que arda
apenas que alivie

encontre o que deixei cair na estrada
os poemas esquecidos nas gavetas
e as músicas que não ouço mais

molhe os pés no mar
porque aqui só há montanhas
e jogue uma flor pra iemanjá

deixe seu cheiro espalhado
compre uma garrafa de champanhe
velas amarelas e incensos de baunilha

estou aqui do outro lado e juro
tem uma lua enorme no céu da cidade

3 comentários:

Breve Leonardo disse...


[em cada poro da palavra

um grito por resgatar,
uma voz de dentro
escrita no corpo
a cada cada apelo,contrito.]

um imenso abraço, Adriana

bL

Assis Freitas disse...

que poema, de torar


beijo

Alexx Albert disse...

Gostei D+