sexta-feira, dezembro 27, 2013

como um trem





tem aquela sensação de que o ano novo não seja tão novo e que tudo vai ficar do jeito de sempre. tem aquela esperança de que algo mude no planeta. tem a manhã em que você acorda e acredita que tudo pode dar certo. tem um aperto no peito quando você pensa em coisas ruins que podem acontecer com as pessoas mais queridas. tem uma alegria genuína quando você sabe que vai encontrar alguém que te faz tanta falta. tem uma tristeza latente quando você vê a desumanidade cravejada todo dia na sua cara. tem aquele medo de pensar que você pode ser feliz de verdade e de que isso não seja verdade. tem uma  frase que você lê ou um poema que te fazem ganhar o dia. tem um sonho escondido debaixo do travesseiro. tem a vida que está batendo na sua porta mas você não deixa entrar. tem uns olhos e um sorriso que você nunca esquece. tem a cerveja que você toma com os amigos. tem a música que você ouve e o vento na janela. tem aquela vontade de que o ano novo seja verdadeiramente lindo como um trem que se movimenta tranquilo e furioso sobre os velhos trilhos.

7 comentários:

Breve Leonardo disse...


[um ano novo começa sempre num dia chamado amanhã; os amanhãs, rectas linhas que sobram dos nossos breves pontos de intersecção...]

um imenso abraço, Adriana

bL

danilo disse...

E tem a alegria de saber
Que os amigos vão
Mas voltam um dia
Nas asas de um poema
Que navega anónimo
Nas águas da vida
Feliz 2014
Dan

danilo disse...

E tem a alegria de saber
Que os amigos vão
Mas voltam um dia
Nas asas de um poema
Que navega anónimo
Nas águas da vida
Feliz 2014
Dan

Assis Freitas disse...

o novo navega em águas milenares


beijo

Assis Freitas disse...

o novo navega em águas milenares


beijo

Luciano disse...

Sempre bom passar aqui e te reler... bjs, moça

doni seo disse...

obat kuat

pemutih badan

obat asam urat

obat pelangsing

obat hernia

obat diabetes

obat herbal

game pc

obat kuat semarang