terça-feira, fevereiro 23, 2010

vida

                                                             guga shultze

19 comentários:

Marcelo Novaes disse...

Dri,



Sim. Ela insiste e resiste.




:)





Beijo.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Gif?! Massa!!!

Fabio Rocha disse...

Perfeito. Diz tudo... ;) Beijos saltitantes

nina rizzi disse...

ótimo.. rsrs

Vinícius Paes disse...

Ah, a vida é um paradoxo eterno.
Legal.

Beijo.

Lou Vilela disse...

Yes! ;)

pianistaboxeador21 disse...

Uma menina pulando corda no cemitério. É a vida.
Beijo

Marcos Satoru Kawanami disse...

ô coisinha mais bunitinha do pai

Wania disse...

Dri

C'est la vie!
A própria, em carne e osso!


Bj

tonhOliveira disse...



♫ Deixo a vida me levar... ♪

VIda VA!

Adriana Karnal disse...

È a vida é bonita e é bonita...

Mirse Maria disse...

Também vou experimentar pular corda no cemitério!

Como é a própria imagem da vida!

Lindo DRI!

Beijos

Mirse

Adolfo Payés disse...

Precioso.. cuando me detengo en tu blog.. haces que el día se maravilloso..

Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos.

Renata de Aragão Lopes disse...

Que mimo, Dri!

Sigamos a sorrir
e a pular...

Beijo.

Adriana Godoy disse...

Oi, gente! Obrigada pelas considerações. Acho muito expressiva essa imagem: a dicotomia morte/vida tratada de uma maneira tão simples. O Guga Shultze é um grande artista. Beijos.

Nydia Bonetti disse...

ptz, que imagem - nem há o que dizer. ela diz tudo. ciclo que se refaz - eterno. beijoos

BAR DO BARDO disse...

Glupt!

Talita Prates disse...

Que graça!
Ganhei o dia! hehehehe.

Obrigada, Adriana.

Um bjo.

sopro, vento, ventania disse...

Querida,
Um fantástico 'não' às adversidades;
ou, por outra:
uma incrível forma de apresentar a vida,
obrigada pela generosidade em compartilhar. sempre. você é incrível, mesmo.
um beijo,
Cynthia